<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    O que toda empresa busca, além de reduzir custos, é tornar a sua produção eficiente. A automação industrial já é uma realidade há um bom tempo e é essencial para o negócio. No entanto, com a tecnologia de IIoT (Industrial Internet of Things, ou Internet Industrial das Coisas), é possível chegar muito mais longe.

    Por meio de vários dispositivos, sensores e aplicativos é possível conectar, coletar e transmitir dados que, além de controlar máquinas, fornecem dados que servem de apoio para decisões gerenciais.

    Para que você saiba como essa revolução industrial pode ser aplicada ao seu negócio — e como ela pode ser benéfica para ele —, acompanhe esse artigo!

    O que é IIoT?

    O mundo vive uma transformação digital e a internet das coisas industrial faz parte disso. Seu objetivo é conectar diversos dispositivos para coletar e transmitir dados. Para essa comunicação, há quatro variáveis essenciais: os dispositivos, a comunicação entre os dispositivos, os dados e a análise dos dados.

    A ideia é a mesma que a Internet das Coisas utilizada para os aparelhos domésticos. Entretanto, no caso da IIoT, a conexão é entre máquinas industriais, sistemas legados e outros aparatos relacionados ao mundo das produções. Além da fabricação de produtos, ela pode ser aplicada em setores como gestão de instalações, monitoramento de cadeia de suprimentos, assistência médica e varejo.

    Quais os benefícios dessa tecnologia?

    Para a indústria, a utilização dessa tecnologia pode proporcionar inúmeros benefícios. Portanto, entenda quais são eles abaixo!

    Eficiência operacional

    Por meio da tecnologia de IIoT, a indústria utiliza melhor seus ativos e, com isso, há uma redução de custos operacionais e ganho em produtividade.

    Um exemplo é a economia com manutenção preventiva. Com a utilização de sensores, por exemplo, é possível identificar falhas em equipamentos, tempo de inatividade de máquinas etc. Com base nesses dados, é possível prever situações críticas e responder rapidamente para evitar maiores prejuízos.

    Novos serviços e negócios

    Com o crescimento da IIoT, surgem novas oportunidades de serviços e negócios que utilizam modelos de negócio baseados na web. Assim, soluções como PaaS (Plataform as a Service), IaaS (Infrastructure as a Service) ou sistemas como EDI (Electronic Data Interchange) têm sua comunicação de dados mais eficiente com o uso dessa tecnologia.

    Um outro exemplo são empresas que podem aproveitar essa tecnologia para investir em fornecimento de produtos como serviços. Dessa maneira, o fabricante entrega uma máquina ao cliente e oferece o serviço de suporte remoto (que já existe, mas é extremamente facilitado pela IIoT). Além disso, o custo de um equipamento pode ser muito alto, ao passo que o valor pago para a sua utilização é bem mais viável para o cliente.

    Banner E-book Data Center Virtual

    Auxilio para tomada de decisões

    Um outro benefício na utilização de IIoT é a ajuda na tomada de decisões estratégicas. O monitoramento constante de dados em tempo real resulta em um conjunto de análises que faz com que seja possível uma real percepção do processo de produção. Em função disso, a empresa é capaz de analisar esses dados para reduzir custos e desperdícios.

    O que muda na indústria com a IIoT?

    A utilização da IIoT significa uma nova revolução industrial e, por isso, ela também é chamada de Indústria 4.0. Veja abaixo algumas das mudanças que ela representa.

    Controle de qualidade

    Com essa tecnologia, o processo de produção é diferenciado — ou seja, há uma maior comunicação entre o que é produzido e a máquina. Dessa maneira, há um ganho na qualidade final do produto, já que qualquer inconsistência pode ser detectada durante o processo de produção.

    Estoques precisos

    O controle de estoques também fica mais eficiente com a utilização de sensores, que podem verificar a necessidade de reposição de peças. Assim, além de estoques precisos, há uma agilização de processos e economia, tanto de tempo do funcionário ao controlar o estoque quanto para evitar o desperdício por compras desnecessárias.

    A Internet Industrial das Coisas veio para renovar o processo de produção como um todo. Essa é uma tendência mundial e as empresas que fizerem parte disso estarão um passo à frente da sua concorrência.

    E então, gostou do nosso artigo sobre o que é IIoT e seus benefícios para a indústria? Compartilhe com seus amigos em suas redes sociais!