Falar com um consultor

    Categorias

    Armazenamento, processamento, acesso e segurança de dados tornaram-se componentes de missão crítica das operações de todas as empresas nas últimas décadas. Até os avanços recentes na computação em nuvem, as empresas construíam data centers físicos para todas as suas necessidades de tecnologia da informação (TI).

    É caro construir e gerenciar seu próprio data center. É preciso comprar novos equipamentos, bem como contratar especialistas que saibam tudo sobre o ambiente. Assim, as empresas estão procurando maneiras acessíveis de armazenar dados, como os data centers virtuais.

    Segundo o Gartner, os gastos globais em infraestrutura de TI em nuvem devem atingir US$ 104 bilhões até 2024. Isso ocorre à medida que mais e mais organizações aproveitam os benefícios da nuvem, incluindo custos de TI otimizados, maior segurança e confiabilidade. 

    Quer saber mais sobre os data centers virtuais e os benefícios da sua adoção? Então prossiga na leitura deste post. 

    O que é um data center virtual?

    O data center virtual é uma tecnologia recente e tem a sua origem na computação em nuvem. Ele foi criado para realizar a junção e a comunicação das áreas da empresa de forma virtual, simulando na nuvem toda a estruturação e funcionamento dos servidores de um data center físico.

    Mesmo sendo virtual, essa modalidade de data center possibilita uma funcionalidade completa, como se todos os servidores estivessem conectados no mesmo switch, em racks, como acontece em um data center comum. O usuário pode controlar todos os recursos de rede, software e armazenamento, porém sem dispensar tantos recursos para a aquisição de hardwares e preparação de ambiente para a implementação do Data Center.

    Mesmo que não possua a estrutura física dentro da empresa, todos os componentes que integram essa central funcionam de maneira virtual pela nuvem, tendo uma funcionalidade abstrata. Isso confere inúmeros benefícios para sua infraestrutura de TI, como veremos nos tópicos seguintes.

    Qual é a diferença entre data center virtual e Computação em Nuvem?

    A Cloud Computing (computação em nuvem) permite acesso de rede, de maneira conveniente e sob demanda, a um conjunto compartilhado de recursos de computação configuráveis. Redes, servidores, armazenamento, aplicativos e serviços, por exemplo, podem ser rapidamente provisionados e liberados com esforço mínimo de gerenciamento ou interação com o provedor de serviços.  

    O modelo está relacionado a um servidor virtual sem a necessidade de que ele esteja fisicamente instalado. Sendo assim, é feita a contratação de processamento, disco e rede para que todas as aplicações utilizadas pela empresa funcionem adequadamente.

    A nuvem não é realmente uma alternativa a um data center virtual. Em vez disso, uma infraestrutura de nuvem se baseia nos recursos que a virtualização já oferece. Portanto, a virtualização é uma tecnologia fundamental subjacente ou de habilitação para a cloud computing.

    No caso do data center virtual, a estrutura é mais complexa, não se trata apenas de armazenamento de um servidor virtual em nuvem. Mas sim uma infraestrutura completa de hardware e componentes.

    Todos os componentes necessários que fazem parte de um data center convencional, em todas as suas camadas, são disponibilizados virtualmente para o usuário, podendo ser adaptado de acordo com a demanda e as necessidades da sua empresa. Isso reduz drasticamente os investimentos necessários para a compra de equipamentos, preparação e adequação do espaço e infraestrutura.

    Essa flexibilidade permite que a gestão possa focar em projetos relevantes e investir o capital em setores da empresa em prol do seu crescimento. Além disso, os pacotes de serviço permitem que você possa adequar seu data center a qualquer momento de acordo com o crescimento do negócio e as necessidades que possam surgir.

    Quais as vantagens de um data center virtual?

    O data center virtual apresenta tantas vantagens e funcionalidades quanto um físico, mas possui algumas características únicas, que vamos apresentar a seguir:

    1 - Redução de Custos

    Por não necessitar de preparação de um ambiente para instalação, sem investimentos em refrigeração, equipamentos, manutenção estrutural e segurança física, o capital inicial necessário para sua implementação é muito menor, deixando os recursos da empresa livres para outros tipos de investimentos.

    Outro fator muito relevante a ser considerado, é que um data center físico consome muita energia elétrica, devido à enorme quantidade de equipamentos que deve funcionar de maneira contínua. Tal consumo não acontece em um data center virtual. Como a maior parte do ambiente computacional é formada por um conjunto de hardware muito menor, o valor dispensado em energia elétrica também irá reduzir drasticamente.

    Uma sala de data center físico precisa de um controle de temperatura contínuo para evitar interrupções e danos nas máquinas. Os equipamentos responsáveis pela manutenção dessa temperatura, além de terem alto custo de investimento e manutenção, também possuem uma grande parcela do consumo de energia.

    2 - Maior escalabilidade operacional

    A vantagem da escalabilidade operacional é a facilidade de adaptação que a empresa terá na adequação da sua infraestrutura de acordo com as suas necessidades. Ou seja, ela poderá reduzir custos e garantir que todos os seus recursos poderão se adequar continuamente de acordo com as demandas que o negócio apresentar ao longo do tempo.

    O que acontece em alguns casos é a empresa investir altos valores na criação de um data center que comporte altas demandas e acabe por nem necessitar de tanta infraestrutura, acabando com muitas despesas desnecessárias. Ou o oposto: realizar um investimento mais modesto e em um curto período de tempo precisar realizar novo investimento por não ter suas demandas satisfeitas.

    Com o data center virtual, você tem a possibilidade de contratar exatamente o que a sua empresa necessita naquele momento. Se em algum momento as necessidades mudarem, ou as demandas da empresa crescerem, realizar um upgrade será muito mais simples do que buscar e adaptar um novo local, comprar novos equipamentos, realizar altos investimentos, entre outros.

    Quando um plano é escolhido para a sua empresa, é levada em consideração a situação atual do negócio, ou seja, a empresa acaba pagando somente pelo que ela efetivamente utilizar, reduzindo perdas e garantindo uma performance de qualidade sempre.

    3 - Maior controle de recursos

    Partindo das vantagens da escalabilidade operacional, é muito mais simples realizar o controle do orçamento da empresa, uma vez que o investimento inicial é muito menor. Além disso, os investimentos mensais serão muito mais controlados do que em uma situação de data center físico, em que, fora os custos citados anteriormente, existe a manutenção preventiva e emergencial dos equipamentos.

    Vejamos os seguintes exemplos: caso a empresa passe por um momento financeiro desfavorável, será possível reduzir os custos com o data center instantaneamente, bastando realizar uma mudança no plano contratado. Ou se por um determinado período de tempo, seja por um projeto ou demanda específica, a empresa precise de mais infraestrutura, também é possível realizar uma adaptação.

    Por contar basicamente com componentes de softwares, o gerenciamento de todos os recursos relativos ao data center pode ser feito pelo próprio usuário através de um sistema disponibilizado pelo fornecedor do serviço. Ele possui também excelentes sistemas de segurança de dados, com regras de acesso e tráfego de informações que podem ser aplicadas e determinadas pela própria empresa e sua equipe de TI.

    4 - Acesso às melhores tecnologias

    Quando a sua empresa precisa manter um data center físico, existe uma preocupação constante com novos equipamentos, pois eles ficam obsoletos muito rápido. Isso acaba gerando uma demanda constante de novos investimentos. Além dos equipamentos, os softwares também necessitam de atualizações constantes. Afinal, junto com as tecnologias, também evoluem as formas de roubar informações e invadir sistemas. Outro ponto importante é o custo muito elevado para renovação da garantia dos equipamentos, necessária para continuidade do suporte aos seus componentes.

    Ao contratar uma empresa para fornecer o seu data center virtual, essa já não é mais uma preocupação, pois você terá à sua disposição as melhores tecnologias do mercado para atender as demandas do seu negócio.

    5 - Monitoramento e Suporte

    Ao contratar o serviço de Data Center, a empresa não precisa abrir mão das suas medidas de segurança, podendo realizar um monitoramento da infraestrutura da sua base com o objetivo de evitar ameaças e comportamentos suspeitos. Para isso existem aplicações inteligentes e softwares específicos capazes de identificar acessos e usuários fora do padrão e realizar o bloqueio antes que algum problema aconteça.

    Esse monitoramento também pode ser feito pela sua equipe de TI. Dessa forma, a sua empresa terá todas as vantagens tecnológicas fornecidas por uma empresa especializada sem precisar perder o controle sobre seu processamento de dados, oferecendo segurança total para o seu negócio.

    6 - Segurança e disponibilidade

    Independentemente do sistema de infraestrutura adotado pela empresa, seja ele nuvem privada, pública e/ou híbrida, e até mesmo no que tange aos servidores dedicados, é preciso levar em conta dois fatores fundamentalmente essenciais: segurança e disponibilidade. São estes dois fatores que imprescindivelmente devem nortear a escolha de um data center virtual.

    Segurança para proteger armazenamento de dados e disponibilidade para que o processamento de dados flua sem os famosos “bugs” e “engasgos do sistema”, o que muitas vezes compromete a empresa, sua reputação e, sobretudo, gera prejuízos.

    7 - Provisionamento mais rápido

    O cenário de negócios orientado por TI de hoje está em um estado de evolução contínua e rápida. Para permanecer relevante no mundo acelerado, as organizações de TI devem adotar tecnologias para acelerar os ciclos de lançamento e adotar práticas modernas como Agile e DevOps

    As tecnologias de data center virtual permitem que as organizações estabeleçam configurações baseadas em políticas que provisionem automaticamente recursos de hardware de acordo com a necessidade de atender às demandas de negócios em constante mudança. 

    Como uma oferta de IaaS, o modelo baseado em assinatura representa um desafio não trivial para os fornecedores acomodarem solicitações de computação dinâmica em um curto período de tempo. E, à medida que a demanda por soluções IaaS elásticas, flexíveis e econômicas aumenta, os fornecedores devem manter altos padrões de Qualidade de Serviço (QoS).

    Em última análise, os usuários finais recebem funcionalidade quase instantânea para recursos de infraestrutura usados ​​em ambientes de produção.

    8 - Resposta às necessidades de negócios em mudança

    Organizações de negócios em transformação usam a tecnologia como um fator-chave para o desempenho e a eficiência dos negócios. Para transformar os serviços, os recursos de computação devem facilitar a agilidade nas operações de negócios. 

    O data center virtual oferece oportunidades interessantes para as empresas adaptarem as operações de negócios por meio do provisionamento de recursos sob demanda, experimentando novos modelos de negócios e impedindo que a TI surja como um gargalo durante essas mudanças. 

    O ritmo da mudança serve como uma vantagem competitiva importante e, se as configurações de TI associadas forem dissociadas do hardware subjacente, as necessidades de armazenamento, as cargas de trabalho de TI, aplicativos e serviços apresentam resistência mínima a mudanças que têm o potencial de desbloquear novas oportunidades de negócios.

    9 - Produtividade para administradores de TI

    Pesquisas sugerem que 75% do tempo de inatividade da rede está associado a erro humano. Os data centers virtuais eliminam os esforços manuais da equação e permitem verdadeiras capacidades de automação e orquestração de TI. 

    Como resultado, o esforço humano propenso a erros, o tempo e a complexidade no gerenciamento de recursos de infraestrutura são reduzidos a níveis gerenciáveis. Poderosos recursos de orquestração de infraestrutura garantem entrega acelerada de TI, baixo custo operacional e menor tempo de lançamento no mercado para novos produtos e serviços habilitados para TI.

    O gerenciamento centralizado dos recursos garante que os administradores de TI obtenham visibilidade e controle completos dos recursos de computação para otimizar a utilização e os gastos.

    10 - Mobilidade de dados

    Os usuários precisam acessar cargas de trabalho e dados de TI de qualquer lugar e a qualquer hora, sem incorrer nas restrições de infraestrutura associadas. A tecnologia de data center virtual permite a verdadeira mobilidade de dados. De tal forma, que os usuários possam executar, gerenciar, provisionar e proteger qualquer carga de trabalho ou aplicativo em qualquer nuvem, de acordo com os requisitos técnicos e as políticas de negócios. 

    Quando os dados são móveis, os usuários podem concentrar seus esforços no gerenciamento dos dados, em vez de gastar recursos em esforços de gerenciamento de infraestrutura. Ao desacoplar os aplicativos dos servidores, o data center oferece resiliência e eficiência aprimoradas no dimensionamento da carga de trabalho ou no tratamento de gargalos de desempenho da infraestrutura.

    Um número crescente de organizações aproveita a arquitetura de data center virtual para simplificar o processo de provisionamento de TI, otimizar o armazenamento e a utilização da capacidade, reduzir riscos e maximizar o desempenho. A tecnologia capacita a TI a operar como um parceiro estratégico para os negócios e conduzir a mudança em resposta ao cenário de mercado em constante mudança.

    Serviço de infraestrutura eficiente: invista numa empresa confiável

    O contexto atual mostra que nem todas as empresas de tecnologia estão alinhadas à necessidade de cada empresa que demanda um serviço de infraestrutura eficiente em TI e em data center virtual.

    Para escolher o sistema mais eficiente em termos de data center virtual, antes de tudo, é necessário identificar o provedor adequado. No Brasil, por exemplo, existe a Abrahosting (Associação Brasileira das Empresas de Hosting), que estipula uma série de regras de boas práticas em fornecimento de serviços e em qualidade técnica. Além disso, tenha em mente que a empresa deve possuir soluções de continuidade de negócio em níveis significativos, tais como as garantias definidas em certificações de Data Center, Firewall e Anti-DDoS (para contenção de ataques de negação de serviço, cada vez mais comuns entre as atividades de crime digital).

    Na dúvida ainda sobre como escolher um data center virtual eficaz e que satisfaça as necessidades de sua empresa? Fale agora mesmo com a equipe de atendimento da EVEO, uma empresa conceituada na área de tecnologia, referência em data center virtual e em oferecer as mais efetivas soluções aos seus clientes.

    Gostou do nosso conteúdo? Não se esqueça de deixar um comentário abaixo!