<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    A transformação gera inovação e novas tecnologias estão surgindo a todo instante. Essa é uma roda que não para de girar e a cada volta gira mais rápido. Um exemplo claro do que estamos falando são as FINTECHS, que surgem como uma forte tendência no Brasil.

    Ainda não conhece esse novo segmento de mercado? Descubra a partir de agora o que são FINTECHS e como a TI desempenha um papel fundamental para o sucesso delas!

    O que são FINTECHS?

    O termo “FINTECH” é utilizado como abreviação para a junção das palavras: financial + technology, em inglês. As empresas que se enquadram nesse segmento são, geralmente, startups do setor financeiro que visam oferecer soluções por meio de serviços mais completos e, ao mesmo tempo, com menores custos do que os bancos.

    De uma maneira mais generalizada, podemos dizer que são negócios baseados no modelo SaaS (Software as a Service) e voltados para o mercado financeiro. Para isso, elas usam recursos de cloud computing, montando uma plataforma estruturada e hospedada na nuvem para a prestação de serviços via internet, como por aplicativos.

    Alguns exemplos de FINTECHS de sucesso são o PayPal (banco 100% online), GuiaBolso (aplicativo de gestão financeira) e Toro Radar (plataforma de negociação gratuita na bolsa de valores).

    Qual o papel da TI nessas empresas?

    A tecnologia vem desempenhando um importante papel no setor financeiro, ajudando as empresas executarem mais negócios em menos tempo e com melhor qualidade no atendimento e outros serviços prestados. Ela tem contribuído também para aumentar a transparência, acelerar o acesso e aquisição a novos clientes, analisar riscos em tempo real, reduzir custos por transações financeiras e muito mais.

    Em um primeiro momento, a TI auxiliou bancos e instituições financeiras a impulsionarem seus processos de negócios, agilizando as áreas de back office. Mais tarde, com o avanço das tecnologias de internet e de dispositivos, como smartphones e tablets, ajudou a implementar serviços móveis como o Internet Banking e o Mobile Banking.

    E não para por aí. Hoje, o uso da tecnologia tem transformado as formas de atendimento e prestação de serviços financeiros, elevando o segmento para um novo patamar de atuação. Agora, a tecnologia gera um impacto direto e mais positivo na vida das pessoas, contribuindo para o surgimento de produtos e serviços inovadores com preços mais acessíveis.

    Todo o conteúdo oferecido pelas FINTECHS é desenvolvido com tecnologia. Isso abrange desde o uso de big data para analisar grandes volumes de dados até as operações administrativas mais simples. Além disso, tem a questão da segurança. Como estamos lidando com transações financeiras pela internet, todo cuidado é pouco e a tecnologia está presente também nessa área, garantindo operações livres de riscos.

    Então, podemos dizer que o principal pilar para o funcionamento de uma FINTECH é a infraestrutura tecnológica, pois a empresa deve abandonar processos tradicionais, dependentes de papel e planilhas, para executar operação via softwares.

    Banner E-book Data Center Virtual

    De que maneira o setor contribui para melhores resultados?

    Com base na importância do setor de TI para a existência das FINTECHS, selecionamos algumas formas que ele contribui para consolidar essa tendência no mercado brasileiro. Confira as principais!

    Disponibiliza uma infraestrutura otimizada

    Muitas empresas preferem usar um data center local para agregar maior controle e velocidade de acesso às informações. O problema é que a manutenção e atualização fica muito cara, limitando a empresa na hora de alcançar o seu verdadeiro potencial. Sendo assim, a empresa pode deixar a desejar tanto na questão da segurança quanto da contingência.

    Nesse caso, usar uma infraestrutura na nuvem pode ser uma alternativa mais atrativa, pois fornece o que o negócio precisa para operar de forma eficiente e seguro, mantendo os custos acessíveis, já que a empresa paga apenas pelos recursos que usa.

    Oferece ferramentas importantes

    Além de uma estrutura online, com plataformas de serviços hospedadas em nuvem, a TI oferece ferramentas cruciais para a análise de dados, como o big data analytics. Elas estão diretamente relacionadas ao sucesso das FINTECHS, já que agilizam a tomada de decisões e permitem a escolha de caminhos mais certeiros para o negócio.

    Hoje, um data center hospedado na nuvem tem a mesma capacidade de processamento de big data que um local. O mesmo acontece com o uso de outras diversas ferramentas. Como a geração de dados tem crescimento exponencial, a empresa precisará de um ambiente facilmente escalável. Nessas horas, contar com um setor de TI estratégico ajudará nos processos de separação e análise dos dados.

    Oferece suporte tecnológico

    O núcleo de operações de uma FINTECH é baseado em tecnologia. Isso significa muito mais do que apenas escolher um modelo operacional, local ou na nuvem. A parte da tecnologia vai além do suporte, e passa a ser o coração das operações. Isso demanda foco em infraestrutura para ter o atendimento que precisa em grandes volumes de dados, por exemplo.

    Para que a estrutura seja ágil e eficiente, é necessário um data center corporativo, visando atender as demandas de volume e performance, além da segurança. Os dados financeiros são mais importantes. Então, para ter a garantia de segurança dos dados, é necessário usar um data center de mercado certificado (Tier III, por exemplo) para confiar o armazenamento deles.

    Entrega segurança certificada

    Como as FINTECHs lidam com dados sigilosos, o parceiro provedor de recursos em nuvem deve fornecer uma infraestrutura com credibilidade e representatividade reconhecida. Isso envolve certificações como ISO/IEC 27017:2015, ISAE 3402, SAS 70, PCI DSS 3.2 e Tier III.

    Além disso, quando se lida com um alto nível de criticidade dos dados, é importante ter o máximo de confiança e proximidade com o parceiro, pois não pode hospedar os dados do seu cliente em qualquer data center/provedor de cloud.

    Servidor Dedicado EVEO

    Dá suporte no crescimento

    A TI entrega benefícios como agilidade, segurança, flexibilidade e crescimento escalonável às FINTECHS. Esse último é o que permite as startups se desenvolverem rapidamente e, como elas têm uma característica de crescimento acelerado, a TI torna-se uma aliada desse modelo de negócios, oferecendo uma estrutura elástica para comportar um maior volume de dados e funcionalidades operacionais.

    Nos próximos anos, as FINTECHS devem se consolidar no mercado nacional, mas a sobrevivência e, melhor, o sucesso, só serão obtidos por meio de uma boa parceria com um fornecedor da tecnologia necessária.

    Gostou desse artigo? Assine a nossa newsletter e seja avisado por e-mail quando postarmos mais artigos como esse!