Falar com um consultor

    Categorias

     

    Com a alta do dólar nos últimos dois anos, a contratação do provedor de data center e cloud no Brasil ficou ainda mais atrativa. Afinal, aqui o pagamento é feito em reais. Mas, além disso, existe uma série de outros benefícios em optar por uma contratação nacional: é importante que sua empresa não pense somente em redução de custos, pois, como diz o ditado popular, algumas vezes, “o barato sai caro”. 

    Por essa razão, apresentaremos a seguir as sete principais vantagens - como maior velocidade de conexão, pagamento em reais e suporte mais próximo -  de optar por provedores nacionais (ou mesmo internacionais, porém com filial e operação no Brasil):

     

    Independência do dólar

    Os provedores de data center e cloud alocados no exterior têm seu preço estabelecido em dólar, portanto, estão sujeitos à sua variação. Nos últimos dois anos, essa moeda alcançou o valor de R$ 5,70, o que pode deixar os custos bastante caros.

    Em 2022, fatores políticos (como o fato de estarmos em ano eleitoral no Brasil) e tensões internacionais também influenciam diretamente na variação do dólar. Recentemente, as tensões entre a Rússia e a Ucrânia, seguida do início da guerra, causaram oscilações bruscas da moeda, fruto da fuga de investidores da Europa e consequente alta no valor de commodities.

    Falando especificamente de data centers, empresas que utilizam provedores estrangeiros já viram suas faturas aumentarem mais de 50% para manter a mesma capacidade de recursos. O que teoricamente era para ser algo com valor quase fixo, agora está sendo totalmente variável e imprevisto, visto que a cotação do dólar é feita segundo o mercado. Desse modo, variações muito grandes da moeda estrangeira podem comprometer o orçamento da empresa e gerar um prejuízo considerável.

    Não importa se você utiliza data center como insumo ou apenas para hospedar algum projeto da sua empresa: saber quanto você vai pagar mensalmente com certeza é muito mais interessante até em termos de planejamento, com preço garantido em contrato e sabendo que se tiver alguma correção isso vai ocorrer somente após 12 meses, na maioria dos casos apenas um ajuste simples baseado no IGP-M.

    Velocidade e tempo de resposta da conexão

    Por mais robusta que seja a internet da sua empresa, ela não conseguirá superar uma limitação que afeta a estabilidade e a velocidade da conexão de dados: a latência. Essa está intimamente ligada à distância entre o seu dispositivo e os servidores hospedados dentro do data center/cloud. Portanto, quanto mais longe estiver o servidor, maior será a latência.

    Um servidor no exterior atrasará cerca de 0,5 a 1 segundo a chegada dos dados nos dispositivos da sua empresa. Pode parecer pouco, mas imagine isso multiplicado a cada operação e funcionário ao longo de um ano. Já com um provedor nacional, o tempo de velocidade de resposta será muito mais rápido, reduzindo drasticamente possíveis problemas de latência na conexão.

    Legislação

    As leis relacionadas à TI e à segurança de dados variam bastante de um país para o outro, visto que ainda não há uma uniformização internacional através de algum acordo. Por isso, ao hospedar sua infraestrutura em um provedor de data center ou cloud no exterior, a  empresa estará sujeita às leis daquele país.

    Desse modo, há chances de você enfrentar problemas futuros caso descumpra alguma regra mesmo que sem intenção. Além disso, se a empresa estrangeira não cumprir o contrato ou lhe causar algum prejuízo, a distância dificultará que você faça valer seus direitos.

    Hospedando seus dados e a infraestrutura nacionalmente, o provedor de data center e cloud deverá estar em conformidade com as leis brasileiras, que podem ser facilmente acessadas por você. Ademais, poderá entrar com processos na justiça, em caso de descumprimentos contratuais.

    Mais segurança para os seus dados

    O Brasil é um dos poucos países do mundo que têm um Marco Civil da Internet, que garante a proteção da privacidade, dos dados pessoais, além da neutralidade da rede. Com isso, você tem amparo legal para exigir reparação por danos materiais contra o vazamento e perda de dados na justiça brasileira.

    Em alguns países, não há política clara de proteção de dados e existem até mesmo casos de alguns data centers fakes lá fora que foram criados com o objetivo de sequestro de informações, assim, sua empresa poderá ser vítima de extorsão.

    Também é importante mencionar que o Brasil é um país com uma infraestrutura de telecomunicações e redes de fibra óptica moderna, estável e livre de catástrofes naturais. Por essa razão, o risco de falhas, apagões na rede de internet, perda de informações por falta de energia ou catástrofes naturais são extremamente reduzidos.

    Contratos em português

    Outro benefício dos provedores de data center e cloud nacionais ou com filial no Brasil é o contrato redigido em português. Como todo empresário deve saber, o entendimento integral do contrato, palavra por palavra, é essencial para evitar problemas no futuro. Afinal, ali, estarão descritas todas as obrigações mútuas, os direitos e os encargos do contrato.

    Por mais que você domine o inglês, há algumas nuances da língua que só podem ser captadas por nativos ou por quem viveu muitos anos no exterior.

    No mais, diante de qualquer ocorrência, um contrato em língua estrangeira demandará contar com um advogado fluente naquela língua para analisar a sua situação. Certamente, isso aumentará os gastos da sua empresa, principalmente em caso de falhas ou perda de dados, onde será necessário buscar a justiça em um outro país.

    Nota fiscal de serviços

    Outra grande vantagem vem do fato de receber nota fiscal pelos serviços contratados, com todos os impostos inclusos no preço. Esse detalhamento ajuda no controle de gastos, além de contribuir com a organização financeira da empresa.

    Quando se trata de produtos ou serviços do exterior, é possível se deparar com regulamentação e cobranças diferentes da qual se está acostumado. Tendo a nota fiscal de serviços nacionais, você não se surpreenderá com nenhum imposto adicional, como acontece no caso da importação de serviços. 

    Suporte mais próximo

    Outro ponto que fala em favor dos provedores de data center e cloud sediados no Brasil é a possibilidade de um suporte mais próximo e até mesmo presencial. As empresas buscam agradar ao máximo seus clientes, com isso, você ganha bastante poder de persuasão.

    Caso enfrente alguma dificuldade técnica mais grave, as melhores empresas poderão fornecer um técnico para ir até você ou lhe convidar para ir até o escritório e solucionar as ocorrências. Se isso não for possível, com certeza você contará com um suporte telefônico e online na sua língua, capaz de entender exatamente as suas dúvidas e problemas. Veja como a EVEO pode te ajudar.

    Conclusão

    O preço supostamente inferior para hospedagem em data center ou cloud no exterior não é mais motivo para deixar de contratar as empresas nacionais ou internacionais com filial no Brasil.

    Desde que a Receita Federal uniformizou a tributação dos serviços de data center e cloud contratados fora do Brasil, desconsiderando-os como locação de equipamentos no exterior, são cobrados todos os tributos relacionados à importação de serviços. Assim, incidem também os impostos protetores da indústria nacional, como o CIDE-remessas, os tradicionais impostos sobre serviço, como o PIS, o COFINS e o ISS, além do IRRF.

    Sobretudo, a qualidade das empresas de data center e cloud sediadas no Brasil compete de igual para igual com as operações estrangeiras, além de fornecer maior segurança jurídica para o contratante. Por isso, consideramos que, desde 2014, as vantagens pesam bastante para as empresas de data center e cloud brasileiras, sobretudo na conjuntura atual do Brasil com altas variações no dólar. Com um provedor de data center e cloud com operação e cobrança no Brasil, você tem mais previsibilidade no orçamento, visto que pagará uma mensalidade fixa em real, sem impacto de moedas estrangeiras.

    Mesmo que haja uma diferença pequena de preços, você estará prevenindo muito estresse futuro com possíveis problemas técnicos e fiscais. Afinal, o suporte estará mais próximo de você e falará a língua da maioria dos seus funcionários.


    Agora que você já sabe os benefícios de contratar um provedor nacional, confira esse checklist das 7 melhores práticas que você deve seguir ao migrar para nuvem.