<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    A preocupação com os dados e as formas de acessar diferentes páginas passou a ser uma preocupação comum com a ascensão da internet.

    É claro que com o passar do tempo e o surgimento de diversos mecanismos para acessar sites e páginas, diversas normas e leis começaram a surgir para tornar o mundo online um lugar seguro para todos os internautas.

    Entre essas mudanças está a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A medida foi aprovada em 2018 e todas as empresas precisam estar atentas às alterações e como esse mecanismo funcionará em cada instituição.

    Ficou interessado no assunto e quer saber mais? Então confira o conteúdo completo e aproveite para saber 5 formas de promover a segurança digital na sua empresa.

    Internet e atualidade

    Se na década de 1980 ou início dos anos 90, a pergunta fosse sobre a internet e as barreiras que essa inovação seria capaz de derrubar, muitas pessoas não seriam capazes de mensurar o poder que o digital desenvolve hoje em dia.

    Com a transformação de programas, softwares e redes sociais, passamos boa parte do dia conectados, principalmente aqueles que trabalham com isso.

    O que antes era feito em computadores enormes, que ocupavam espaços gigantescos e eram acessíveis para poucas pessoas, hoje está na palma das nossas mãos. Não há dúvidas de que toda essa evolução trouxe inúmeros benefícios para a população, seja na facilidade de se informar ou até mesmo de conversar com quem está do outro lado do mundo.

    Entretanto, para assegurar que todas essas ações sejam feitas da melhor forma possível, é fundamental que existam leis e regras que possam ser seguidas por todas as pessoas e empresas.

    Pensando no âmbito profissional, em 2018 foi aprovada a Lei Geral de Proteção de Dados. O objetivo é tornar o ambiente digital um local seguro para empresas e funcionários. Esse é o mecanismo que irá proteger alguns dados que ficam expostos nos sistemas das empresas, mantendo em sigilo informações importantes.

    Sendo assim, diversas empresas estão em constante atualização nos últimos anos para assegurar um cenário digital seguro para clientes e colaboradores. Isso inclui não deixar dados pessoais, como número de documentos e salário disponível para todos os profissionais da empresa.

    A LGPD contempla diversas situações que foram instituídas para que empresas, colaboradores e consumidores possam utilizam o ambiente digital de forma segura. Esse também é um passo importante para tentar barrar os constantes vazamentos de dados, garantindo a segurança de milhares de pessoas.

    Portanto, é fundamental que a sua empresa já esteja de acordo com as novas adequações que estão na lei.

    Agora que você já compreendeu a importância de seguir a nova lei e o que pode ser modificado na sua empresa, vamos às dicas:

    1. E-mail e segurança

    Uma das dicas mais importantes é incentivar os colaboradores a utilizarem o e-mail como a principal fonte de comunicação.

    E, se possível, que essa comunicação sempre seja feita pelo e-mail profissional e não pelo pessoal. Ou seja, naquele endereço que conta com o domínio da empresa. Assim fica mais fácil garantir que as informações passadas estarão no domínio da empresa e em casos de compartilhamento é possível recorrer contra o uso indevido.

    2. Cuidado com os acessos externos

    Esse tópico complementa o anterior. Isso porque muitas empresas passaram a usar as redes sociais e aplicativos como o WhatsApp como a principal fonte de comunicação.

    Entretanto, ao compartilhar informações importantes por mensagens, a empresa pode ficar desprotegida, dando chance para que esses dados sejam compartilhados com outras pessoas. Afinal, ao acionar o colaborador no contato pessoal, ele consegue replicar aquela informação para quem quiser, deixando a empresa exposta.

    Portanto, cuidado ao optar por essa forma de comunicação.

    3. Não deixe informações vazarem

    Esse é um cuidado fundamental que deve ser seguido por toda a instituição. Sabemos que sempre tem aquele amigo que quer compartilhar algo com o outro e esse tipo de comportamento não deve ser tolerado.

    Quando a instituição conta com uma política de segurança de dados e mecanismos de proteger a informação, é imprescindível que todos sigam as regras.

    É claro que atualmente existem diversas soluções que podem auxiliar a sua empresa nesse momento, portanto, é fundamental encontrar aquele que combina com a rotina de trabalho e que será capaz de fornecer mais proteção.

    4. Senhas planejadas

    Esse é outro cuidado importante que deve ser levado a sério. Muitos colegas de trabalho costumam compartilhar a senha ou até mesmo utilizar a mesma senha para acessar documentos e dados.

    Entretanto, ao fazer isso, a empresa pode estar facilitando um acesso indevido de informações, já que será mais difícil saber quem acessou determinado documento.

    A situação fica mais fácil para avaliar quando cada um dos colaboradores conta com o seu próprio login e senha. Assim é possível conferir quem acessou cada um dos materiais e quais foram as mudanças feitas, dificultando a troca de dados.

    5. Cuidados com os dados

    Essa é a última dica, mas não a menos importante: não permita que os dados da sua empresa sejam roubados!

    Ao coletar essas informações, você está fazendo uma parceria com colaboradores e clientes, e eles não esperam que essas informações sejam compartilhadas. É essencial que exista a seleção de pessoas que terão acesso à informação e como será feita essa análise.

    Não deixe os dados expostos, afinal, essa ação pode facilitar que algumas pessoas copiem essas informações e ganhem dinheiro com a venda.

    É fundamental contar com uma ferramenta que seja capaz de mapear o acesso aos dados, fornecendo segurança e estabilidade para todos.

    Só assim a sua empresa estará segura e poderá cuidar de todos os dados da melhor forma possível.

    E então? Gostou de conferir as 5 formas de promover a segurança digital na sua empresa? Quer conferir mais conteúdos como esse? Fique ligado em nosso blog ou se inscreva em nossa newsletter no formulário que está na lateral desta página e não perca nenhuma atualização!