<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    Migrar os sistemas e bancos de dados para a nuvem é uma estratégia que vem ganhando muita força entre as empresas. Isso acontece devido as inúmeras vantagens que a transformação digital oferece para os negócios da atualidade Mas, depois da migração, como manter a eficiência da estrutura montada? A resposta é: tenha um painel de controle na gestão dos servidores em nuvem.

    Ainda não conhece a ferramenta? Descubra neste artigo como ela funciona, quais são as suas vantagens para o negócio e como utilizá-la para obter sucesso!

    O que é painel de controle na gestão de servidores em nuvem?

    A ferramenta é uma solução para a gestão da virtualização de servidores, processo que envolve certa complexidade. Muita gente confunde a solução com painéis como o Plesk e cPanel, mas eles não são a mesma coisa. O exemplos citados são mais voltados para o gerenciamento de sites, enquanto o painel de controle para servidores é voltado para o controle dos equipamentos virtualizados e hospedados em nuvem, complementando uma estratégia de cloud computing.

    Até meados de 2014, o painel de controle para a gestão de servidores em nuvem não era uma tendência, pois a demanda por infraestruturas virtualizadas era menor e concentrada em apenas um ambiente (operação standalone). Agora, com uma estratégia mais pluralizada — e as vantagens da multicloud —, diferentes fornecedores são contratados e a integração e o gerenciamento das estruturas em nuvem se tornaram funções de alta complexidade, demandando uma solução mais eficaz.

    Essa tecnologia ainda não é muito comum no mercado. Seja no modelo opensource ou pago, as opções são mínimas e a maioria delas é direcionada ao varejo. Dessa forma, poucas empresas ainda oferecem um modelo completo e realmente eficiente para o uso prático.

    Como essa ferramenta funciona?

    Os painéis de controle mais complexos são fornecidos por grandes players de data center virtual, como o Google Cloud, Microsoft Azure e AWS da Amazon. No entanto, a EVEO oferece uma plataforma com interface mais amigável, mais fácil de usar e com flexibilidade para se adaptar às necessidades da empresa contratante.

    Por meio da solução OpenStack, o cliente pode ter um nível de gerenciamento que parte do topo da cadeia, com a implementação de rede — com switch virtual —, de firewall, de balanceamento de carga e de uma instância para criar uma VPN (Virtual Private Network), até chegar ao nível das instâncias virtuais da operação.

    Considerando o cenário comum de aplicação versus banco de dados, um painel de controle com alto nível de gerenciamento permite a configuração de uma vLAN. Assim, promove a comunicação virtual privada entre as máquinas.

    Banner E-book Data Center Virtual

    Quais são os seus benefícios?

    Quando a empresa contrata um painel de controle do próprio provedor de soluções em cloud, tem maior facilidade para integrar as informações e moldar as ferramentas de gerenciamento, ganhando eficiência de processos. Logo, a ferramenta pode melhorar a qualidade de produção, oferecer maior desempenho, aumentar a segurança operacional e, consequentemente, impulsionar os resultados.

    Além disso, o painel de controle entrega escalabilidade. Isso quer dizer que a cada novo lançamento e implementação a ferramenta acompanha as necessidades de expansão de recursos e desempenho, eleva o poder de automação e permite que o usuário final tenha menos dificuldades para alcançar seus objetivos. Se o dashboard estiver bem vinculado às tecnologias utilizadas, a empresa poderá ter escalabilidade conjunta.

    O painel de controle também exige menos esforço de personalização, o que demanda uma equipe menor de técnicos e engenheiros para uma estruturação razoavelmente complexa. Completando a lista de benefícios, os componentes e seus recursos dentro da rede do data center virtual podem ser facilmente realocados, eliminando desperdícios e atendendo melhor às demandas mais pontuais do negócio.

    Quais são os recursos disponíveis?

    No painel de controle da EVEO voltado à Cloud Servers, por exemplo, é possível realizar as operações de intervenção normal em servidores, como reboot e acesso de console. Porém, a empresa também disponibiliza soluções de Data Center Virtual OpenStack. Ou seja, utiliza a base do painel do OpenStack, que é um modelo reconhecido e bem aceito pelo mercado de TI em termos de usabilidade. São opções que se adequarão de acordo com a expectativa do contratante.

    Considerando o OpenStack, com poucos cliques, os profissionais conseguem montar uma arquitetura multi-servidor, com firewalls, switches e demais recursos necessários. Isso encurta o caminho para as empresas que desejam montar uma infraestrutura própria em nuvem, sem precisar investir altos valores nos equipamentos físicos, além de uma contratação de Data Center para colocation. Considerando o nível de complexidade encontrado em outros provedores, o painel de controle da EVEO entrega flexibilidade, facilidade no manuseio e uma aparência visualmente mais simples.

    Como usá-lo da melhor forma?

    A criação de um painel de controle completo deve ter como propósito alcançar um bom nível de qualificação do gerenciamento. Então, para a implementação de uma rede segura e de ferramentas fáceis de usar, o primeiro passo é montar uma equipe de especialistas focados em boas práticas.

    Depois disso, os profissionais devem empregar esforços em monitorar o consumo dos recursos. Isso porque, hoje, os serviços são muito mais voltados para a disponibilidade deles do que para a comercialização de instâncias e máquinas virtuais. Nesse caso, o consumo atual de memória, de espaço, de IPs, de processador e de banda devem ser constantemente acompanhados para facilitar os processos de gerenciamento e de alocações.

    O status das máquinas virtuais também precisam ser vigiados para que os gestores identifiquem anomalias em tempo real e corrijam os problemas antes que causem uma paralisação não programada do ambiente. Em uma tela, os gestores devem visualizar claramente os componentes da estrutura virtual, além de descobrir, na hora, quais estão funcionando e quais estão parados.

    Servidor Dedicado EVEO

    E não para por aí. A topologia de rede — com o switch configurado — e os parâmetros definidos para o firewall também são essenciais em um relatório de gestão de servidores em nuvem. Então, basicamente, podemos dizer que são 3 os aspectos que compõem um painel de controle eficiente: visibilidade total da rede, do status de instâncias e da quantidade de recursos consumida.

    Deixe o seu negócio mais inteligente

    O painel de controle na gestão de servidores em nuvem permite otimizar uma série de processos no setor de TI, contribuindo diretamente para a melhora da produtividade e para deixar o negócio mais inteligente. Nem por isso ele substitui o conhecimento das melhores práticas de implementação para uma infraestrutura em nuvem. O que pode ajudar é a parceria com o provedor caso a empresa contrate os serviços gerenciados.

    E aí, pronto para começar? Entre em contato com a EVEO agora mesmo e monte um painel de controle ideal para o gerenciamento dos recursos em nuvem!