<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    eveo-hospedagem

    Com a estagnação de diversos segmentos no mercado de consumo brasileiro, a crise política e econômica não conseguiu driblar o crescimento de alguns setores, em específico o e-commerce que, diante da freada econômica que o consumidor deu nos últimos meses, não condiz com o amadurecimento aparente de seus hábitos de consumo.

    Em contrapartida ao cenário aparente a todos, o e-commerce agregou outros mercados que, juntos constroem o desenvolvimento de todo um setor; dentre eles, o responsável pelas empresas de hospedagem online cresce de forma crescente e contínua e, com isso, torna todo o cenário do consumo pela internet uma gigantesca avalanche que engole e derruba tudo o que encontra pela frente e que ainda não tenha caminhado junto ao desenvolvimento.

    Aliás, desenvolver e aprimorar mecanismos relacionados à internet e tudo o que a Tecnologia da Informação engloba é a palavra-chave da vez, o que só denota todo o setor de e-commerce e hosting como um contrapeso ao cenário econômico brasileiro. Resultado: até o final de 2016 haverá um crescimento do setor de hospedagem online de 7,5% em relação a 2015.

    Um dos principais pontos a favor de tal desenvolvimento é, segundo o presidente da Abrahosting (Associação Brasileira das Empresas de Infraestrutura e Hospedagem na Internet), Vicente Neto, é o movimento de digitalização dos negócios, cujo principal motivo é o perfil do consumidor brasileiro, que mudou muito nos últimos 15 anos, e culmina em um progressivo comportamento diante de tanta adaptação simultânea.

    Com cerca de 700 empresas atuando no mercado de hosting, é claro que o comportamento se adapta inclusive pelo lado oposto ao do consumidor. Empresas de todos os setores somam, hoje, cerca de 4 milhões de sites somente no Brasil – e as empresas de TI comemoram e acompanham as principais tendências mundiais e tornam a navegação e a hospedagem online um segmento em pleno crescimento, onde não há crise que segure.