<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    Atualmente, muitas empresas estão aderindo ao Servidor Dedicado, devido à exclusividade e o melhor desempenho. Há algum tempo, o custo para se obter um servidor exclusivo era muito alto. Dessa maneira, apenas as grandes corporações poderiam ter acesso ao serviço. Porém, hoje, mesmo possuindo um custo um pouco maior que o aplicado em um servidor compartilhado, qualquer empresa pode ter acesso a um Servidor Dedicado.

    Devido à competitividade do mercado, existe uma corrida para se manter em vantagem perante a concorrência. Um servidor mais seguro e com uma performance rápida e sólida, permitirá que a empresa disponibilize serviços com maior qualidade e utilize a tecnologia em prol do seu crescimento e valoração.

    Confira esse artigo que preparamos para entender o que é o Servidor Dedicado, como ele funciona e quais são as vantagens que essa hospedagem pode trazer ao seu negócio.

    O que é um Servidor Dedicado?

    Inicialmente, vamos entender o conceito de Servidor Dedicado. Resumidamente, um Servidor Dedicado é um sistema de computadores que é utilizado exclusivamente pela empresa para todas as demandas que ela necessitar, podendo usufruir de toda a performance que ele puder fornecer, uma vez que ele será utilizado somente por um usuário.

    Ou seja, toda a capacidade de processamento, memória e tráfego, por exemplo, serão totalmente dedicados a uma única empresa.

    Qual a diferença entre um Servidor Dedicado e um Servidor Compartilhado?

    Um servidor compartilhado possui custos reduzidos, por estar sendo “dividido” com diversas outras empresas. É um único hardware que hospeda dezenas ou centenas de sites ao mesmo tempo, dessa forma toda a capacidade e performance do servidor será diluída entre todos os usuários.

    Apesar de o custo ser uma vantagem, a capacidade de desempenho não é. Cada site hospedado terá direito a uma cota limitada de memória, espaço e processamento. Essa cota não pode ser ultrapassada, pois a parte referente aos outros clientes estará reservada para quando houver necessidade.

    Para empresas de pequeno porte, blogs pessoais, sites pequenos ou para uso pessoal, o servidor compartilhado pode oferecer um bom custo-benefício, devido a praticidade e os valores reduzidos.

    Já o Servidor Dedicado é recomendado para empresas que possuem uma demanda maior de processamento, sites que atendem acessos simultâneos, pois nessas situações são necessários mais recursos de hardware. Todos os componentes físicos do servidor estarão à disposição da empresa de acordo com a sua demanda e necessidade.

    Essa opção garante mais performance e um processamento mais rápido e estável dos dados, fornecendo mais velocidade e segurança. Isso irá refletir na experiência dos clientes, além de possibilitar resultados melhores. Os servidores dedicados possuem toda a estrutura de hardware exclusiva para um único cliente, mas em contrapartida, é responsabilidade da empresa gerir o servidor.

    Para quem o Servidor Dedicado é indicado?

    Vários fatores devem ser levados em conta na hora de escolher um serviço de hospedagem, como performance, segurança, tráfego, etc. Para sites, lojas virtuais e e-commerce que apresentam um fluxo de acessos muito intenso e que precisam armazenar dados sensíveis do usuário, o Servidor Dedicado é a melhor opção. Ele é indicado nos casos onde a empresa possui necessidade de alto desempenho, confiabilidade, segurança e privacidade.

     

    Quais as vantagens do Servidor Dedicado?

    Alta performance

    Um servidor exclusivo garante que todas aplicações e os sites tenham um desempenho superior, com menor tempo de carregamento e uma navegação mais rápida. Isso aumenta a confiabilidade da empresa, agrega valor e melhora a perspectiva que os visitantes terão do seu negócio.

    Por melhores que sejam as máquinas utilizadas pelas empresas que prestam o serviço de hospedagem compartilhada, nunca terá a mesma capacidade que um Servidor Dedicado pode oferecer.

    Flexibilidade

    Como o servidor fornece exclusividade, o usuário terá total controle e liberdade sobre os aspectos do sistema. Em um servidor compartilhado, não é possível instalar módulos e plugins de acordo com a necessidade, por se tratar de um sistema compartilhado. Isso limita o desenvolvimento de certas aplicações e deixa o serviço muito restrito. No servidor dedicado, a flexibilidade encontrada é muito maior, o que possibilita que todos os ajustes necessários sejam realizados pela própria empresa.

    Autonomia

    A equipe de TI responsável pelos servidores terá total controle sobre todos os aspectos do sistema, podendo realizar alterações e controles conforme a necessidade. O controle das informações será totalmente realizado pela empresa, possibilitando a personalização e o controle de segurança da forma que acharem melhor.

    Geralmente, no servidor compartilhado, as configurações são muito limitadas para que atenda às necessidades de diversos clientes.

    Estabilidade

    Por não dividir a capacidade com outros sites, o serviço de uma hospedagem dedicada é muito estável. Em geral, os servidores desse tipo costumam ficar dentro de data centers com tecnologia de ponta e recursos de rede muito completos. Isso confere ao servidor fornecido, um desempenho superior aos clientes que o utilizam.

    Segurança

    Essa é uma das maiores preocupações para quem procura um servidor de qualidade para a sua empresa. Quando se opta por um Servidor Dedicado, é possível personalizar todos os acessos, bloquear números de IPs e escolher os requisitos de segurança mais adequados para o seu negócio.

    A estrutura encontrada em um Data Center, como geradores de energia, refrigeração na sala, e medidas de segurança, garante maior disponibilidade, deixando todo o sistema funcional praticamente 100% do tempo.

    Configuração de hospedagem

    Um servidor dedicado garante que a empresa terá maior espaço de armazenamento e maior largura de banda, o que é um grande problema para os servidores compartilhados. Isso evitará que o tráfego do site fique muito lento e que sofra prejuízos com a redução dos acessos na página.

    Endereço de IP único

    Na hospedagem compartilhada, diversos sites terão o mesmo número de IP, o que pode prejudicar a sua empresa. Se algum dos sites com os quais o servidor é compartilhado possuir conteúdo adulto ou se tratar de um site de spam, isso pode derrubar o ranqueamento do site da sua empresa. No caso do Servidor Dedicado, como a empresa terá um servidor único, dessa forma contará com um endereço de IP exclusivo. Um benefício de possuir um IP único para o site é a melhoria em SEO.

    Acessibilidade

    Como já vimos, o custo de um servidor dedicado é maior que o custo de um servidor compartilhado. Porém, atualmente esse custo diminuiu consideravelmente, tornando acessível para empresas menores a implementação do sistema. Outra vantagem é a redução dos custos com a manutenção periódica dos equipamentos, uma vez que essa responsabilidade é da empresa que presta o serviço.

    Como utilizar o Servidor Dedicado?

    Agora que já vimos como o Servidor Dedicado funciona e quais as suas vantagens, vamos descobrir as melhores práticas para utilizar esse tipo de servidor e aproveitar todas as vantagens que ele pode fornecer.

    O servidor é o coração da empresa, através dele todos os dados serão manipulados e armazenados. Através dele a gestão poderá realizar análises estratégicas e estipular metas baseadas em dados sólidos.

    Veja abaixo as melhores práticas para usar esse servidor da melhor maneira possível.

    Atualização de Software

    Os softwares precisam ser atualizados frequentemente, não só para acrescentar novas funções, mas também para que as correções necessárias sejam efetuadas e elimina as vulnerabilidades que possam aparecer no sistema, garantindo a segurança de todos os dados e a infraestrutura do servidor.

    É importante que isso seja feito, pois os softwares criados para invadir o sistema acompanham essas atualizações com o objetivo de encontrar pontos vulneráveis. Uma maneira muito prática de evitar esse tipo de problema é manter as atualizações automáticas.

    Tenha sempre um Backup

    Nunca se esqueça de que, por mais moderno e tecnológico seja o software e os equipamentos do servidor, ele ainda é um sistema que está sujeito a falhas. Mesmo com todos os protocolos de segurança, algumas situações não podem ser previstas. Por esse motivo, é vital que a empresa possua um plano alternativo para recuperar os dados caso eles sejam perdidos, seja por um problema técnico ou por uma invasão de hackers.

    O backup pode ser feito pelo próprio servidor, por um servidor adicional ou um dispositivo externo. A forma mais comum de realizar esse backup é através da computação em nuvem. Eles devem ser feitos de forma regular e automática, para que nenhuma informação se perca no processo, além de evitar que falhas humanas ocorram, como esquecimento.

    Avaliação de riscos

    É necessário que todo o sistema seja verificado constantemente em busca de melhorias, pois novas tecnologias surgem o tempo todo para facilitar nossa rotina e até mesmo para causar danos, por esse motivo é importante manter um acompanhamento contínuo a fim de manter o servidor estruturado e seguro.

    Fazendo uma avaliação periódica, será possível identificar falhas e riscos que podem prejudicar todo o sistema, e principalmente, a empresa. Uma modalidade muito comum enfrentada atualmente é o sequestro de informações e cobrança de resgate para a devolução desses dados. Por esse motivo, é importante que exista um plano para a mitigação dos danos causados por esse tipo de situação, como trataremos no tópico seguinte.

    Implementação de uma política de segurança

    Possuir uma política de segurança previamente definida e estruturada faz parte de um plano de inteligência de mitigação de danos. Além de se proteger contra invasões externas, você estará se resguardando contra falhas humanas e pronto para agir caso algum imprevisto aconteça.

    Por essa razão, a implementação de boas práticas de segurança e um processo de treinamento entre os funcionários é tão importante para resguardar a empresa dos prejuízos causados pelas falhas, o que nos leva ao assunto seguinte.

    Qualificação e treinamento dos colaboradores

    Criadas as políticas de segurança, todos os cuidados necessários sido tomados, é importante engajar toda a equipe nas medidas de prevenção e nos objetivos da corporação. Isso é relevante para que toda a equipe tenha uma visão clara dos passos necessários para manter a segurança dos dados e a importância de seguir o protocolo restritamente.

    Alertar para os riscos existentes não é o suficiente para que todos entendam a gravidade do problema, é preciso que seja mais completo. O treinamento deve envolver exemplos práticos de quebra de segurança e os riscos reais que isso pode ocasionar, para que todos estejam engajados e integrados em um objetivo comum.

    Como escolher o melhor Servidor Dedicado para o meu site?

    O processo de escolha de um Servidor Dedicado é mais complexo do que escolher um servidor compartilhado, que em geral é oferecido em pacotes pré-estabelecidos. Algumas características devem ser observadas para que você possa escolher o melhor modelo de hospedagem dedicada para o seu negócio, veja a seguir:

    • Verifique antes se o Servidor Dedicado é gerenciado;
    • Procure se informar se o Servidor será instalado e armazenado no Data Center ou em outra localização;
      Verifique todos os componentes de Hardware e os softwares utilizados atendem todas as demandas que a empresa possui;
    • Se assegure que, na opção de servidor selecionada, a conexão seja estável e não costuma ficar indisponível, isso fará toda diferença para o seu site;
    • Faça um planejamento prévio para conhecer todas as necessidades que a sua empresa possui para que possa tomar a melhor decisão;
    • Tenha certeza da demanda de atendimento ao cliente e suporte que a sua empresa apresenta será totalmente atendida pelo Servidor Dedicado com a qualidade que você espera;
    • Analise o custo-benefício entre o preço praticado e o serviço oferecido, nem sempre o melhor preço significa que a empresa disponibiliza o melhor servidor ou o melhor atendimento. A longo prazo, isso pode causar prejuízos grandes para a sua empresa.

    E acima de tudo, conheça a empresa que você está contratando, veja suas avaliações, seu posicionamento no mercado, se possível converse com outros clientes para conhecer a experiência deles com o serviço. A empresa deve ter experiência no mercado e possuir as melhores soluções de servidor, além de contar com excelentes equipamentos e softwares.

    Essa pesquisa é vital para que a relação entre a sua empresa e a prestadora do serviço de hospedagem seja clara e transparente, evitando problemas futuros. Pense que é uma parceria que irá perdurar por muito tempo, além do fato que a troca de servidor pode ser um transtorno para os seus negócios.

    Se precisar tirar alguma dúvida, entre em contato conosco via chat online ou deixe um comentário!

    Fale com um de nossos consultores!