<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    A tecnologia transformou os negócios, e, praticamente, todas as empresas já contam com uma infraestrutura de TI para se manterem operando. O data center, por exemplo, pode ser considerado o coração desses sistemas.

    As falhas em data centers podem acabar com a imagem de uma companhia e, até mesmo, com as suas operações, a depender do tamanho dos prejuízos gerados.

    Neste post, trouxemos as principais falhas ocorridas em servidores por conta da falta de manutenção e também as maneiras de se prevenir contra elas. Continue conosco e boa leitura!

    As falhas em datacenters mais comuns

    Esse tipo de problema costuma ocorrer, principalmente, em ambientes de servidores alocados na empresa. Adiante, confira uma lista com as 5 falhas mais comuns nesse tipo de sistema.

    1. Falhas de componentes

    Você deve saber que, assim como qualquer outro item eletrônico, como um celular ou uma televisão, os componentes que fazem parte de um ambiente de servidores têm uma vida útil e, como são ferramentas que trabalham próximo ao limite por praticamente as 24 horas do dia, costumam entrar em colapso logo após atingir seu tempo máximo de utilização.

    Outras questões podem ser responsáveis pela falha de um item de hardware, como a temperatura inadequada, as quedas de energia, a falta de qualidade, entre outros fatores que impossibilitam a previsão do defeito. Uma forma comum de lidar com esse problema é mantendo redundâncias que possam assumir o papel principal em casos de falhas, garantindo a estabilidade do servidor.

    Banner E-book Data Center Virtual

    2. Falhas humanas

    Um item indispensável para o funcionamento de um data center é o recurso humano, porém, as interações humanas também trazem um risco maior ao sistema.

    As conexões de componentes de maneira errônea, as instalações incorretas ou, até mesmo, as configurações dos itens realizadas de maneira inadequada, podem ocasionar falhas mecânicas em alguns dos componentes dos datacenters, ou fazer com que eles não apresentem o desempenho esperado.

    A busca por capacitação da equipe ou o investimento em uma parceria com um time externo especializado na manutenção de data centers pode diminuir a ocorrência desse tipo de falha.

    3. Falhas de software

    Os erros envolvendo sistemas de informação são os piores no sentido da dificuldade de se detectar suas ocorrências, além de serem responsáveis pela parada mecânica de componentes do data center, a perda e a exclusão de dados, entre outros sintomas.

    O ambiente de tecnologia muda constantemente e inovações são adotadas pelas empresas todos os dias. Assim, manter seus softwares atualizados e buscar por novas opções são maneiras de lidar com as falhas encontradas. As atualizações podem resolver as questões de erros de programação e as falhas de segurança, protegendo, assim, os dados da empresa.

    4. Falhas de desempenho

    O objetivo de toda companhia é crescer e expandir, porém, muitas vezes, o ambiente de TI e data centers não acompanham esse processo. Os usuários aumentam, os sistemas se tornam mais complexos e o ambiente cresce, porém o data center não recebe manutenção adequada para arcar com toda essa evolução.

    É preciso ficar atento aos servidores da empresa, buscando sempre atender as expectativas de desempenho esperadas de um data center, pois, ao sobrecarregar o servidor, as falhas de desempenho começarão a aparecer, e a lentidão se tornará constante, inclusive com possíveis paradas totais, prejudicando as atividades do negócio.

    5. Falhas estruturais ou catástrofes

    Uma catástrofe pode ser ligada a um incêndio, por exemplo, ou a uma inundação. No entanto, elas também podem ser atribuídas à falta de manutenção do sistema, em si, e do ambiente em que ele se encontra.

    Uma rotina de manutenção eficaz do data center não trata apenas dos componentes de funcionamento direto, mas também de todas as variáveis que podem afetar a continuidade de sua operação. É preciso se programar para eventos destrutivos e ter opções em caso de ocorrências, por meio de um plano de desastre, que deverá prever como a empresa buscará manter suas atividades e recuperar seus dados.

    Servidor Dedicado EVEO

    A importância da manutenção de data centers

    Se você não conseguiu visualizar ainda o quanto é essencial manter seu data center funcionando, vamos pensar no seguinte caso: você se encontra em uma grande loja de varejo, que possui unidades por todo o Brasil e, ao se dirigir para a fila com o intuito de realizar um pagamento, a atendente diz que não poderá atendê-lo devido a uma falha nos servidores da empresa.

    A depender da quantidade e tempo que esse servidor ficar fora do ar, você pode ter uma ideia do valor do prejuízo que essa empresa acumulará, não é? Não existe apenas o prejuízo financeiro, mas também as perdas relacionadas à imagem do negócio. Como você se sentiria impedido de realizar a sua compra, perdendo tempo em uma fila que não anda? Nada satisfeito, certo?

    Em sua empresa, a perda da continuidade teria um impacto parecido: o prejuízo financeiro aliado à perda de credibilidade por parte de muitos de seus clientes. De acordo com o tamanho dos valores perdidos, uma pequena companhia pode não sobreviver a um evento como esse.

    A prevenção contra falhas

    Vamos listar algumas atitudes que devem ser adotadas por uma empresa na busca por evitar possíveis falhas em seus servidores. Confira!

    • revisão de software: manter uma constante avaliação de sistemas para garantir o funcionamento;
    • politica de backups: criar e manter rotinas de backup para a recuperação de dados;
    • localização do data center: a localização de um servidor pode auxiliar no momento em que forem enfrentados eventos críticos;
    • projeto físico: é necessário atentar não só à parte lógica dos servidores, mas também ao projeto físico, para elementos como cabeamento e disposição dos componentes;
    • refrigeração: os data centers geram uma grande quantidade de calor devido à energia utilizada, logo, é importante manter um bom sistema de refrigeração para evitar falhas.

    Uma dica essencial para evitar o maior número de possíveis falhas que possam ocorrer em um data center é realizar a migração de toda a estrutura para a nuvem, assim, garante-se uma melhor manutenção, bem como backups e atualizações, além de poupar recursos financeiros para a implantação e a conservação de todo um ambiente de TI localmente na empresa, o que pode gerar altos custos.

    A maneira mais comum é contratar um fornecedor de IaaS — Infraestrutura como Serviço — com acesso a todos os componentes por meio da web, pagando apenas pelos serviços que utilizar e com a possibilidade de escalar a estrutura a qualquer momento, se necessário, evitando falhas em data centers.

    Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe este artigo em suas redes sociais e divida esse conhecimento com seus colegas e amigos!