<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    Independentemente do modelo de infraestrutura que sua empresa use ou esteja pensando em adotar (sejam servidores dedicados, sejam nuvens híbridas, públicas ou privadas), dois fatores devem ser primordialmente considerados na escolha do Data Center ideal: disponibilidade e segurança.

    O mercado atual disponibiliza uma série de soluções voltadas para a tecnologia de Data Centers. E, eleger aquela que melhor se encaixa nas necessidades da sua empresa é uma tarefa que ainda gera muitas dúvidas.

    Por esse motivo, desenvolvemos este artigo, que pretende responder questões sobre qual a tecnologia ideal para o seu negócio e o que deve ser avaliado na hora de investir em uma solução para Data Center. Acompanhe!

    Como é a estrutura de um Data Center?

    Atualmente, há uma enorme diversidade nos modelos de aplicações, que podem ser desde os tradicionais sistemas comerciais até as modernas aplicações para web e dispositivos móveis.

    Para atender à variedade de informações, o Data Center precisa trabalhar com diferentes tipos de soluções de hardware e software. Porém, para fazer essa estrutura funcionar, são necessários outros recursos essenciais:

    • espaço físico para instalação do Data Center;
    • refrigeração e energia;
    • segurança física;
    • pessoal capacitado.

    Por isso, manter um Data Center local que atenda a toda a evolução tecnológica requer um investimento muito alto. Dessa maneira, soluções como a utilização de Data Center Virtual estão em crescimento. Assim, a empresa tem a liberdade de contratar um serviço que atenda à sua necessidade e, então, liberar recursos para investir em seu ramo de negócio.

    Por que a escolha do Data Center ideal é tão importante?

    Centralizar os recursos de tecnologia da informação em um Data Center já faz parte da estratégia de muitas empresas, de todos os portes. Os benefícios conquistados pelo desenvolvimento de soluções cloud computing de infraestrutura representam grandes vantagens competitivas.

    Quando falamos em pequenas e médias empresas, esses benefícios englobam desde os processos mais simples do negócio até os mais complexos. Porém, para usufruir dessas vantagens é preciso definir a arquitetura dos servidores mais adequada à realidade da empresa, pois a infraestrutura, a instalação e a segurança dependem do modelo de Data Center escolhido.

    A aquisição da solução mais adequada exige alguns cuidados por parte do gestor de TI. Para que você opte pelo serviço mais flexível e que tenha os recursos mais apropriados para o seu negócio, confira algumas dicas mais adiante.

    Qual a diferença entre Data Center Local e Virtual?

    Local

    O Data Center local é construído e mantido pela empresa. Com isso, para mantê-lo a companhia precisa se preocupar em contratar mão de obra especializada, bem como investir na atualização das máquinas e garantir contratos de manutenção de toda a infraestrutura.

    A vantagem desse modelo de Data Center é a centralização das informações. Além disso, há também um maior controle da infraestrutura. Entretanto, as desvantagens são muitas:

    • riscos de acesso de pessoas não autorizadas;
    • custo elevado para manutenção de hardware, software e demais infraestruturas;
    • risco de paradas por problemas técnicos;
    • risco de paradas por limitações no armazenamento de dados.

    Virtual

    O Data Center Virtual roda 100% na nuvem e é contratado pela empresa como um serviço (IaaS - Infrastructure as a Service). Nesse modelo, o acesso à operação é feito por meio de links de comunicação (via internet ou ponto a ponto). Também há diferentes tipos de soluções para atender às necessidades do cliente. Portanto, as vantagens desse modelo são:

    • redução de custos com infraestrutura;
    • utilização de tecnologias modernas e seguras;
    • risco reduzido de indisponibilidade do sistema;
    • maior mobilidade e elasticidade.

    Geralmente, a desvantagem desse modelo ocorre por um mau planejamento dos recursos necessários para a empresa, o que é facilmente resolvido ao fazer uma boa análise de suas necessidades.

    Banner E-book Data Center Virtual

    O que deve ser considerado antes de contratar uma solução?

    Em primeiro lugar, é preciso entender que os serviços de Data Centers são segmentados. É preciso levar em conta o contexto da sua empresa para escolher o modelo mais adequado.

    Principais modelos

    Colocation

    Existem empresas especializadas em alocação de hardwares próprios (um procedimento chamado colocation), em que você posiciona seus equipamentos no Data Center contratado. Esse modelo é mais adequado quando a empresa não precisa terceirizar a camada de serviço e já conta com recursos próprios de maquinário.

    Vale ressaltar que esse é um padrão recomendado exclusivamente para empresas que já têm uma parceria com fornecedores e não há necessidade real de camada de serviço, já que contam com uma equipe com expertise de gerenciamento de servidores complexos, além da administração da operação em si.

    Hosted

    Para as empresas que têm limitações em relação à camada de serviço, ou seja, que não contam com muitos recursos (principalmente, humanos) para fazer o gerenciamento de servidores ou não têm crédito para aquisição de um grande volume de máquinas, o modelo ideal é o hosted.

    Nesse caso, são utilizados equipamentos e suporte da empresa de Data Center, desde os servidores físicos dedicados e componentes de rede até uma virtualização direta de camada de serviços.

    Em outras palavras, é a demanda de cada empresa o que mais influencia na escolha do modelo do Data Center a ser contratado. Por isso, é fundamental que você verifique a necessidade e o interesse da sua empresa em realizar a aquisição de equipamentos ou se já conta com máquinas físicas para seguir pelo modelo colocation.

    Por outro lado, se o foco é realmente na parte de serviços, com virtualização, ambiente complexo, containers etc., a solução de um Data Center Virtual acaba sendo a com maior valor agregado.

    Vale ressaltar, também, que o Retorno sobre o Investimento (ROI) deve ser considerado antes de fazer esse investimento. Nesse contexto, utilizar recursos e operações de uma empresa de soluções de Data Center pode ser uma excelente escolha.

    Importância das certificações

    Outro fator a ser considerado antes de contratar uma solução de Data Center é verificar se ela conta com as certificações que determinam o nível de excelência. O padrão Tier III avalia a estrutura do Data Center e o classifica quanto à sua disponibilidade e redundância. Nessa certificação, são avaliados aspectos como:

    • sistema de refrigeração;
    • energia elétrica e iluminação;
    • arquitetura;
    • piso elevado e cabeamento estruturado;
    • redundância de componentes;
    • segurança e controle de acesso;
    • prevenção de incêndio.

    A avaliação desse critério é importante porque, a cada nível, a exigência para a disponibilidade e a redundância aumenta. Portanto, negócios críticos que precisam de operação 24/7 devem optar por Data Center com certificação Tier III, que garante 99,982% de disponibilidade.

    Existem outras certificações importantes também, como a ISO 27017:2015 (aspectos de segurança da informação da computação em nuvem), a ISAE3402 / SAS 70 (relatórios de asseguração de controles em organização prestadora de serviços) e a PCI-DSS 3.2 (desenvolvimento, aprimoramento, armazenamento, disseminação e implementação de padrões de segurança para a proteção de dados de contas).

    O que avaliar no momento da escolha?

    Modularidade e escalabilidade

    O Data Center precisa ser personalizável para adicionar ou remover funcionalidades, bem como estar preparado para o seu crescimento sem a perda de desempenho.

    Suporte

    É preciso avaliar o tipo de suporte oferecido: se há atendimento telefônico, por chat e service desk. Além disso, o horário de atendimento também é importante, pois, para negócios críticos, deve-se dar preferência ao suporte 24/7.

    Alta disponibilidade

    O Data Center deve estar sempre disponível. Portanto, o provedor precisa manter o ambiente muito bem monitorado. Além disso, é necessário manter redundância de componentes essenciais para o funcionamento do ambiente, como energia elétrica e redes de internet, para garantir a estabilidade da operação.

    Que cuidados devem ser tomados nesse processo?

    Mesmo depois de definir qual tipo de solução se encaixa melhor nos objetivos da sua empresa, algumas variáveis devem ser consideradas antes fazer a aquisição de servidores.

    Quando a empresa adquire hardware para fazer o processo de colocation, precisa entender que essas máquinas apresentam depreciação muito rápida, em função da renovação tecnológica. Em um curto espaço de tempo, será necessário ainda um alto investimento na renovação da garantia.

    Além disso, é preciso contar com uma equipe qualificada, capaz de executar as operações principais do negócio e também gerenciar a infraestrutura de TI. Ou seja, essa equipe precisa saber administrar os hardwares, trocando peças, por exemplo, e ainda administrar a segurança de acesso, assumindo uma série de responsabilidades.

    Por outro lado, se você opta por contratar uma solução de Data Center Virtual e ela não está qualificada ou otimizada para uma operação hosted, isso pode provocar falta de eficiência, queda de disponibilidade, ter um contrato desfavorável para fazer substituição de serviço e menos escalabilidade para o negócio.

    Vale lembrar que essa última característica precisa ser prevista no momento da escolha também. Quando parte para o modelo colocation, é preciso escalar espaço, verba e equipe.

    Servidor Dedicado EVEO

    Qual é o modelo ideal para a sua empresa?

    No geral, as duas opções que citamos têm uma série de desdobramentos de implementação técnica, mas dois pontos devem ser destacados:

    • a operação com equipamento do comprador para o contratante;
    • a operação com equipamentos do Data Center.

    A partir disso, é possível desmembrar em diversos serviços e segmentos. A vantagem do modelo hosted é que a empresa conta com mais escalabilidade e renovação tecnológica. Entretanto, no modelo colocation, reduzem-se os custos de investimento com a equipe e com novo fornecimento de hardware, caso você já tenha realmente todos os equipamentos comprados.

    Como a EVEO pode ajudar você?

    EVEO é uma empresa de soluções flexíveis em Data Center que trabalha de forma consultiva e, por isso, com projetos personalizados. Dessa forma, a empresa cria a entrega da solução de acordo com o projeto do cliente, a fim de garantir o melhor resultado.

    Além disso, oferece suporte completo. Para os modelos hosted, por exemplo, contratando um serviço de Data Center Virtual ou Servidores Dedicados, a empresa oferece uma equipe de suporte 24 horas, que pode dar o apoio necessário à solução de problemas.

    Por fim, como você pôde ver, são muitas as variáveis que devem ser consideradas na escolha do Data Center ideal, e contar com a parceria de empresas especializadas e certificadas nessas soluções pode auxiliar você a escolher o caminho mais adequado.

    Mas agora que você já sabe o que avaliar para escolher o Data Center ideal, aproveite para baixar o nosso e-book sobre Data Center Virtual e conhecer tudo sobre essa nova tecnologia que está revolucionando o mercado!