<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    Mesmo sendo profissionais de TI, é possí­vel que muitos desconheçam a existência de uma classificação que separa os data centers por níveis. Esse é o caso do Data Center Tier III. Se você ainda não ouviu falar sobre ele, fique tranquilo! Vamos esclarecer tudo sobre o assunto neste post. Acompanhe o texto e esclareça suas dúvidas!

    O que é e para que serve um Data Center?

    Um Data Center representa as instalações onde ficam armazenados os servidores, roteadores e outros equipamentos de TI de uma empresa ou de diversas empresas, no caso dos Data Centers comerciais. A partir dele, são realizadas ações de armazenamento e hospedagem dos dados e sistemas corporativos.

    Ele também abriga as configurações de rede, códigos-fontes de softwares e informações estratégicas, sendo vital para agregar continuidade às operações comerciais.

    Consequentemente, segurança, disponibilidade e confiabilidade são os principais fatores de sucesso para um negócio que depende de Data Center. Dessa forma, estes são separados por níveis de eficiência, que vão de 1 a 4.

    O que significam as classificações de Data Center?

    As classificações dos Data Centers existem para avaliar e demonstrar a qualidade e a confiabilidade da capacidade de hospedagem dos equipamentos de infraestrutura (como servidores e storages), bem como da disponibilidade do ambiente. Esse sistema de classificação é dividido, como dissemos, em quatro níveis:

    • Data Center Tier I;
    • Data Center Tier II;
    • Data Center Tier III;
    • Data Center Tier IV.

    Quanto mais alta for a classificação, maior é o nível de segurança e a disponibilidade garantida.

    Qual é a finalidade do Data Center Tier III?

    Um Data Center Tier III oferece maior disponibilidade. Isso porque ele permite gerenciar períodos de manutenção sem afetar o funcionamento, o que é extremamente importante para evitar paradas programadas ou até mesmo inesperadas.

    Além disso ele tem uma redundância modular extremamente elevada, garantindo níveis de segurança e confiabilidade bem melhores do que os de nível I e II.

    Banner E-book Data Center Virtual

    Por que um Data Center Tier III é importante?

    A alta disponibilidade da infraestrutura garante acesso aos dados e sistemas praticamente em tempo integral. Isso é crucial para os negócios que mantêm plataformas de trabalho on-line. Os profissionais que dependem dos sistemas e dados para realizar tarefas de forma remota, por exemplo, via estações de trabalho móvel, ganharão maior eficiência.

    Se a empresa oferece serviços e produtos via web, essa vantagem é ainda mais relevante. Afinal, qualquer tempo fora do ar pode significar perdas recorrentes de receitas, o que não é comum acontecer nesse nível.

    Quais são as suas vantagens em relação às classificações Tier I e II?

    Um Data Center de classificação Tier I não oferece redundância e entrega uma disponibilidade média de 99,67% do tempo, o que significa 28,8 horas de inatividade por ano.

    Já um Data Center de classificação Tier II oferece redundância parcial, em energia e refrigeração, além de um tempo de disponibilidade na casa dos 99,75%, representando uma média de 22 horas fora do ar em um ano.

    Por fim, o Data center Tier III tem redundância maior, com fonte de alimentação dupla e manutenção concorrente planejada, resultando em um tempo médio de 99,98% no ar. Ou seja, apenas 1,6 horas de inatividade por ano.

    Vale ressaltar que cada empresa tem necessidades diferentes. Logo, o uso de um Data Center Tier III deve ser avaliado, para se saber se ele realmente será adequado. Como cada Data Center tem uma finalidade específica, essa avaliação é importante.

    Então, gostou do post? Agora que você já conhece as classificações dos Data Centers, aproveite para conhecer também as principais vantagens de um Data Center Virtual!