<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=238571769679765&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Falar com um consultor

    Categorias

    Lojas virtuais não se preparam para desvios de demanda de acessos e pagam caro por isso

    Escalabilidade e Cloud Computing são assuntos constantes em nosso blog, voltando agora a ter evidência devido ao episódio do dia 25.11.2011, a já famosa data do mercado de compras americano, a Black Friday, que chegou forte no Brasil.

    O grande objetivo desse dia é a venda massiva de produtos, a um custo abaixo do padrão de mercado, com o comerciante ganhando pelo volume. É possível encontrar descontos de 70% em lojas de eletrônicos, eletrodomésticos e roupas, gerando uma demanda de acessos e compras bem acima do normal. O que era para ser a oportunidade de, no mínimo, popularizar sua marca e produtos, se torna o maior dos pesadelos.

    O site possui uma média histórica de acessos, a qual já está perfeitamente adequada a seu ambiente, seja em hospedagem compartilhada ou até em um servidor dedicado. Quando se provoca um aumento  tão repentino de requisições em sites que, normalmente, possuem certa complexidade (acesso à banco de dados, por exemplo), você está jogando com a sorte: existe grande possibilidade do site consumir recursos de maneira a exceder o que seria a capacidade do ambiente. O resultado é óbvio: lentidão ou até indisponibilidade total do site e, consequentemente, grande prejuízo já que a ação visa lucro na venda em massa.

    É nesse momento que compreendemos porque Cloud Computing é a tecnologia do momento: uma empresa bem planejada, detentora de um Cloud Server, pode dobrar ou triplicar seus recursos como CPU e memória somente na Black Friday, atendendo com tranquilidade o aumento de demanda e pagando somente pelo dia de uso dos recursos. Você está não só realizando a venda como é necessário nesse tipo de ação, mas também fixando sua marca e seus produtos para um novo consumidor. A boa experiência do usuário nessa aquisição com certeza o fidelizará, diferente do usuário que tentou acesso à sua loja e não teve sucesso devido à lentidão e indisponibilidade. Até mesmo aquele cliente usuário de Cloud Server que não esperava aumento tão grande de acessos consegue se recuperar rapidamente, graças à possibilidade de aumento de recursos a qualquer momento, adaptando o ambiente à sua demanda de acessos.

    O Natal está chegando e as lojas virtuais logo devem iniciar suas campanhas para venda de produtos em grande quantidade. Será que a Black Friday foi suficiente para aprenderem a lição?

    João Junior (@johnnylvjr),
    Gerente-Geral da netRevenda.com