Falar com um consultor

    Categorias

    Há até bem pouco tempo atrás, a TI era vista como um departamento que dava suporte às máquinas, impressoras e configurações de aplicativos, como editores de texto e caixas de e-mail. Hoje em dia, passou a ser uma área muito mais estratégica, com a função de acompanhar e dar suporte a todo o negócio. Por isso, uma boa gestão de TI é fundamental para garantir o bom andamento de uma empresa.

    A principal finalidade dessa área é garantir que todos os recursos computacionais estejam em perfeito funcionamento, de modo a atender às necessidades da empresa. Para isso, o gestor deve contar com uma série de fatores e recursos, como fazer um bom planejamento, manter uma equipe especializada, entre outros.

    A seguir, mostraremos 4 dicas que podem ser aplicadas com o objetivo de fazer um bom gerenciamento de TI. Acompanhe a leitura!

    1. Faça um bom planejamento para a gestão de TI

    Primeiro de tudo, para ter uma gestão de TI eficiente é preciso fazer o planejamento da área. Para isso, o gestor deve utilizar conceitos de governança. Ou seja, é preciso estruturar a TI e definir um conjunto de normas e procedimentos visando a boa administração de todos os recursos.

    Por exemplo, um conjunto de normas de segurança da informação na empresa pode apresentar orientações como:

    • normas de acesso aos sites externos e redes sociais;
    • como utilizar o antivírus na empresa;
    • boas práticas na utilização de e-mails.

    Portanto, é preciso definir claramente os objetivos de todas as demandas de TI, como infraestrutura, sistemas, segurança, entre outros.

    2. Tenha uma equipe especializada

    É fundamental que a empresa contrate pessoal especializado em TI para acompanhar todas as demandas do dia a dia. Entretanto, os conhecimentos dos colaboradores devem ir além das experiências técnicas. Também é preciso que eles entendam as necessidades do negócio e tenham consciência de que os dados manuseados pelas equipes de TI são críticos e sigilosos.

    Outra característica importante que a equipe de TI deve ter é a fluência em outros idiomas, já que muitos fabricantes disponibilizam as documentações de seus produtos em inglês.

    3. Utilize tecnologias inovadoras

    Toda empresa busca se manter competitiva no mercado, de preferência, estando um passo à frente da concorrência. Para isso, é imprescindível contar com apoio tecnológico e investir em tecnologias de ponta, como cloud computing, business intelligence, inteligência artificial, entre outras.

    Por meio dessas tecnologias, é possível, por exemplo, estudar tendências de mercado, analisar o comportamento do cliente, identificar oportunidades de negócios e obter inúmeros outros benefícios.

    Ao contrário do que possa parecer, optar por tecnologias modernas pode contribuir para a redução de custos em TI. Por exemplo, ao investir em um data center em nuvem, a empresa reduz gastos com infraestrutura, softwares, espaço físico, entre outros.

    Banner E-book Data Center Virtual

    4. Acompanhe as métricas

    Assim como em todas as áreas da empresa, TI também precisa ter seus indicadores de desempenho, que devem ser acompanhados de perto pelo gestor. Esse acompanhamento é muito importante para otimizar processos e tornar as políticas mais eficazes.

    Entre os índices que podem ser medidos em TI, estão:

    • volume de chamados;
    • tempo médio de atendimento ao usuário;
    • principais tipos de incidentes;
    • tempo de disponibilidade de hardwares e softwares.

    Contudo, com base nesses resultados é possível identificar quais são os principais pontos que devem ser melhorados e, também, quais estão no caminho certo.

    O papel de TI em uma empresa faz parte da estratégia de negócio. Por isso, o gestor deve elaborar um planejamento eficiente, que implemente políticas e controles que se estendam a todos os departamentos, já que todos eles precisam da tecnologia para trabalhar.

    Enfim, além de um planejamento estratégico, uma boa gestão de TI deve contar com uma equipe especializada para atender às demandas do negócio. Além disso, o gestor deve, também, procurar sempre por novas tecnologias e definir indicadores de desempenho. Dessa maneira, o setor de TI estará sempre pronto para dar o apoio necessário à empresa.

    Gostou das nossas dicas sobre a boa administração em TI? Então assine a nossa newsletter e receba nossas publicações em sua caixa postal.